Lisboa: Dois milhões de euros para o lixo

por Margarida Davim

Arquitectos acusam António Costa de ignorar o investimento feito há dez anos na Ribeira das Naus. E ameaçam recorrer aos tribunais para proteger direitos de propriedade intelectual.

Dez anos depois da última requalificação, António Costa prepara para a Avenida da Ribeira das Naus aquela que será uma das obras mais emblemáticas do seu mandato na Câmara de Lisboa. Mas o novo projecto – com conclusão prevista para 2013 – vai destruir parte de uma obra que, em 2002, custou quase dois milhões de euros.

«Não compreendemos como é possível deitar fora um investimento público feito há dez anos», atacam os autores do projecto – encomendado e pago pelo Metro de Lisboa –, Francisco Caldeira Cabral e Elsa Severino. Os arquitectos estão indignados por não terem sido contactados nem pela Câmara nem pelos autores do novo projecto e acusam a autarquia de ser «responsável pela delapidação de um património público».

Caldeira Cabral acha mesmo que «estão em causa direitos de propriedade intelectual» e não põe de parte a hipótese de pôr a Câmara de Lisboa em tribunal. «A autarquia herdou este novo projecto da Sociedade Frente Tejo, mas não pode ignorar o que já está feito e agir de forma acéfala». E critica os colegas que o sucederam na intervenção daquela zona ribeirinha por não o terem consultado quando delineavam o novo projecto. «Acho muito estranho nunca termos sido contactados».

Leia tudo aqui no semanário SOL

P.S.

Esta gente não tem qualquer respeito pelos nossos impostos.

 

Deixe um comentário

Filed under Cidadania, Lisboa

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s