Incêndio devastou a sede do Charlie Hebdo

O que pensar de uma Europa, onde se permite que aconteça este tipo de situações.    

Em França, o incêndio no semanário satírico Charlie Hebdo está a ser fortemente condenado. Hoje, que o jornal tinha agendado um número especial sobre Maomé, foi lançado um cocktail molotov que incendiou a redacção. O primeiro-ministro, François Fillon, emitiu um comunicado para sublinhar que a liberdade de expressão é um valor intocável da democracia francesa

“100 chicotadas, se você não morrer de rir!”

Deixe um comentário

Filed under Democracia, Desesperados, Direitos Humanos

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s